Dia histórico: prefeito Tião Bocalom assina decreto que permite redução da tarifa de ônibus em Rio Branco

Prefeito Tião Bocalom assina decreto que permite a redução da passagem de ônibus na capital (Foto: Dircom)

Em evento muito prestigiado no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac) o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, assinou na manhã desta segunda-feira, 18, o decreto nº 1438, de 18 de outubro de 2021, que permite a redução da tarifa de ônibus na capital acreana de R$ 4,00 para R$ 3,50.

O gestor ratificou o comprometimento dos vereadores que atuaram em defesa dos mais humildes ao apoiar subsídio ao sistema de transporte coletivo. Antônio Moraes, primeiro secretário da casa legislativa, disse que, enquanto muitas prefeituras aumentam a tarifa do transporte público a gestão Bocalom age na vanguarda dos mais necessitados.

“Nunca um prefeito, aqui no Acre, teve a coragem de fazer isso que o Bocalom fez. Quando o projeto chegou na Câmara fui um dos primeiros a se manifestar a favor. Quero enaltecer o ato de coragem do prefeito em diminuir o preço da tarifa, saímos daqui felizes pelo povo”, disse Moraes.

O senador Márcio Bittar seguiu na mesma linha e ressaltou que esse momento vai ficar marcado na história de Rio Branco. “O ônibus atende os trabalhadores, as pessoas mais humildes que precisam usar o transporte público. Eles merecem.”, ponderou.

Sérgio Petecão destacou o mecanismo encontrado pelo prefeito Bocalom que possibilitou baixar o preço da passagem de ônibus na cidade de Rio Branco. “Esse assunto nós vamos replicar na tribuna do Senado, porque é uma conquista extraordinária para quem ganha salário mínimo e para outros que nem salário têm”, enfatizou o senador.

Todos assistiram a um vídeo que mostrou, de forma sucinta, como foi possível a redução da tarifa (Foto: Dircom)

Líderes comunitários fizeram questão de enaltecer o esforço do prefeito e a importância do gesto, em defesa dos usuários do transporte coletivo. “Sou morador da periferia e sei o quanto isso significa. Já vi pessoas saírem de casa a pé para ir ao centro da cidade, hospitais e na buscar outros serviços. Isso faz grande diferença”, observou Armando Santos, presidente do Jardim Panorama.

A estudante Dhemylly da Costa, lembrou que Rio Branco vai na contramão das outras cidades que, além de reduzir a tarifa luta para melhorar a qualidade da frota e do sistema de transporte público.

O diretor superintendente da RBTrans, Anízio Alcântara, afirmou que a redução da tarifa é um começo para uma nova era no transporte coletivo, que, o foco da prefeitura é o usuário. “Isso é retirar da costa das pessoas que têm direito à gratuidade e sem saber, elas, acabam pagando. Esse é o primeiro ponto que já traz a tarifa reduzida para 3:50”, explicou.

Tião Bocalom lembrou que essa luta começou em 2008 e que o dia histórico de hoje é para ser celebrado por todos. Agradeceu aos vereadores, dizendo que eles são responsáveis também por essa conquista em favor das pessoas e, que outras medidas virão sempre pensando no bem comum.

“Estamos reduzindo no primeiro momento a passagem. Vamos correr atrás para melhorar essa frota, porque, os ônibus são velhos e precisamos botar ônibus circulando na hora certa. Tudo isso iremos melhorar ao longo do tempo, tenho ainda três anos de mandato e nós vamos melhorar muito a sua situação. No final do nosso mandato tudo isso vai está acontecendo”, ressaltou o gestor.