Prefeitura acolhe reinvindicações de permissionários do Novo Mercado Velho e atende demanda dos microempreendedores da Feira de Economia Solidária

A prefeitura de Rio Branco, por meio da secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (Safra), retornou na manhã desta terça-feira, 28, para atender a demanda dos microempreendedores que compõem a Feira de Economia Solidária, que sofreram com o temporal da última sexta-feira e tiveram a cobertura de algumas tendas, barracas e parte elétrica comprometidas. Em tempo, o secretário Eracides Caetano e sua equipe receberam novas demandas dos comerciantes do Novo Mercado Velho.

Após acompanharem a solução dos problemas na Feira a equipe da Safra aproveitou para almoçar no Novo Mercado Velho, onde se deparou com novas demandas dos permissionários das pensões de alimentação do local.

A senhora Alzira Polinário, da pensão da Mãezinha, trabalha no espaço há mais de 14 anos e foi uma das responsáveis por repassar às demandas do local entre elas a necessidade de uma porta de isolamento grande para separar o banheiro da área de alimentação. Outras reivindicações são a questão da segurança no espaço todos os dias, a limpeza do exaustor das cozinhas e a aquisição de ventiladores com umidificador.

Ela destaca que a limpeza do exaustor não é feito a um certo tempo, e que com ela outros problemas podem ser evitados. “A gente pedia a realização do serviço, mas nunca foi atendido, pois é necessário uma empresa para fazer. Estamos pedindo para o secretário verificar se dá para limpar os equipamentos para nós. Com isso, os ventiladores podem durar mais tempo depois dessa limpeza, pois os exaustores sujos de gordura e óleo acabam sujando mais rápido”, explica Alzira.

O secretário Eracides Caetano, que esteve acompanhado nessa visita dos diretores João Marcos e Fernando Guedes, explicou que as demandas dos trabalhadores serão atendidas o mais rápido possível e que algumas delas necessitam do auxílio de outras pastas, como a Seinfra e a Zeladoria, para serem sanadas.

Eracides entende que é papel da prefeitura atender a população e confia que todos os problemas que venham surgir na atual gestão serão resolvidos. “É claro que esse pessoal depende muito do poder público, a gente está fazendo esse trabalho, convivendo com eles no dia a dia, pra saber o que tem mais necessidade e de pouco a pouco vamos resolvendo. É como o prefeito fala, ele foi eleito pra resolver em quatro anos, e a gente vai fazer. Eu tenho certeza que nos quatro anos vamos deixar tudo resolvido”, completa o secretário.