Prefeito Tião Bocalom prestigia cerimônia de lançamento de editais de Arte e Patrimônio

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, prestigiou na manhã desta sexta-feira, 17, na escola de música do bairro Tucumã, a cerimônia de lançamento dos editais de Arte e Patrimônio, pela Fundação de Cultura Garibaldi Brasil (FGB). O ato reuniu grande número de artistas, desportistas e militantes da arte e da cultura da capital.

Ao contrário do ano de 2020, quando o município destinou apenas R$ 300 mil para a cultura e o esporte, em 2021 a atual gestão municipal determinou o montante de R$ 1.5 milhão para serem investidos no setor. Os editais estão previstos na Lei 14.067, de fomento à cultura.

O presidente da FGB, Pedro Aragão, explicou como são aplicados os recursos. “São apresentados projetos à fundação com critérios definidos nestes editais, para que sejam aprovados e possam levar arte e cultura à nossa população”, disse Aragão.

A vereadora Lene Petecão falou sobre a importância dos editais. “Saindo da pandemia é necessário fazer esse aporte tão significativo para a arte e para a cultura. Não fazemos cultura com boa vontade. Fazemos com dinheiro. E foi isso que o prefeito Tião Bocalom fez”, salientou a parlamentar.

Joaquim Florêncio, vereador da capital, elogiou a iniciativa da prefeitura. “Hoje, a cultura retira as pessoas das ruas, as crianças do crime. É um investimento muito importante, esse que a prefeitura está fazendo e que conta com o meu apoio”, enfatizou.

O maestro Afonso Portela também elogiou a iniciativa. “Eu acho que o investimento na cultura sempre é importante para a sociedade em vários âmbitos. E esse valor que foi colocado é um valor muito importante para a sociedade e vai auxiliar essas pessoas que passaram dificuldades durante a pandemia para fazer sua arte”, destacou.

O prefeito, que no passado militou na arte e na cultura, disse de sua satisfação em poder melhorar o setor. “Quando a gente conhece algum assunto, a gente sabe o que fazer naquilo ali. Na questão da cultura, tenho certeza de que esse investimento vai ajudar muito os nossos artistas a desenvolver seu trabalho”, concluiu Bocalom