Prefeitura de Rio Branco realiza reunião de alinhamento em apoio à IV Feira do Feirante

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (Safra), se reúne nesta quinta-feira, 16, com a Unisol Brasil (Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários) para dar andamento à realização da IV Feira do Feirante, que possui pré-lançamento previsto para o dia 15 de outubro e realização nos dias 28, 29 e 30 do mesmo mês.

O representante da Unisol Brasil, Carlos Omar, afirma que a feira tem como objetivo homenagear o feirante e também trabalhar toda a temática da economia solidária, do cooperativismo e do associativismo.

“Esse é um evento que a gente vai fortalecer o trabalho que a gente está construindo da agricultura familiar, da alimentação, da jardinagem, da cerâmica, todos esses seguimentos que nós temos, na parte da economia solidária, no município de Rio Branco”, completa.

O evento, que está previsto para acontecer na Central de Abastecimento de Rio Branco (Ceasa), contará com o 3º Seminário de Encontro de Mulheres, onde se debate as políticas públicas do município, e também com uma discussão sobre o marco jurídico do cooperativismo e falas sobre a segurança alimentar.

Segundo Carlos, para a Unisol é muito importante o trabalho de fortalecimento da agricultura, do trabalhador rural, da mulher do campo, fazendo com que eles possam gerar sua renda, fortalecer e trabalhar cada vez mais. O representante aproveitou para agradecer a prefeitura.

“Quando a prefeitura de Rio Branco abraça esse projeto, esse evento, que homenageia todos os trabalhadores e trabalhadoras da economia solidária, da agricultura familiar, aquele que acorda cedo, você observa a importância que o município tá dando pra pessoa”, destaca.

O secretário da Safra, Eracides Caetano, aproveitou para reafirmar o trabalho realizado pela prefeitura na temática. “A gente tá convidando toda a equipe da Safra pra participar dessa reunião, onde será decidido o andamento dessa feira aqui na Ceasa com os produtores rurais. Esse trabalho que a gente vem fazendo, diferenciado, que é aquilo que nosso prefeito sempre falou “produzir para empregar”, destaca.