Prefeito de Rio Branco se reúne com presidentes de associações de produtores rurais e garante ramais e assistência técnica

Durante reunião na casa do presidente da Associação de Produtores Rurais Pé-No-Chão, Leonardo Medeiros de Lima, localizada no ramal Boa Água, região do Quixadá, na manhã desta segunda-feira, 30, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, repassou aos líderes comunitários dos ramais Limoeiro, Colibri, Oriente, Bagaço, Boa Água e Quixadá, as estratégias da prefeitura para o fomento à agricultura familiar, conforme a vocação agrícola de cada comunidade. Participaram da reunião, além dos presidentes de associações, o secretário de Agricultura, Eracides Caetano, e a vereadora Lene Petecão.

Na oportunidade, o prefeito conversou e ouviu as reivindicações dos produtores, explicou o cronograma de atendimento de ramais e assistência técnica aos produtores. A vereadora Lene Petecão, que articulou a reunião, destacou a importância de dar acesso aos pequenos produtores, porque, segundo ela, são eles quem levam a riqueza para a cidade.

“Eu tenho certeza de que, como o prefeito é um homem que valoriza a agricultura, teremos um agronegócio forte em nossa cidade”, enfatizou.

O prefeito visitou um centro de produção de hortaliças no Quixadá na companhia do produtor Antunes torres, que elogiou a forma como o gestor discute a agricultura familiar.

“A garantia de acesso que o prefeito nos assegura é algo muito bom, principalmente para quem trabalha com folhagem. Temos uma parceria com o prefeito porque acreditamos nele e esperamos que essa parceria seja duradoura e sólida”, disse o produtor rural.

O secretário de Agricultura ressaltou que a prefeitura está atuando na região, com raspagem de ramais e substituição de bueiros.

“Estamos seguindo um cronograma de mecanização de solo, visando atender o maior número de comunidades”, destacou Eracides Caetano.

Na sede da Associação de Produtores Rurais Pé-No-Chão, o prefeito garantiu que a Emurb fará o melhoramento com piçarra, para garantir tráfego durante o ano inteiro. Bocalom aproveitou para visitar uma pequena indústria de processamento de mandioca e derivados existente no local. “

É esse exemplo que a gente tem que multiplicar para nossa querida Rio Branco, para que o produtor rural trabalhe, mas ganhe dinheiro”, concluiu o prefeito.