Força tarefa liderada pela Semeia trabalha 24h por dia no combate às queimadas urbanas

O município de Rio Branco permanece cercado de fumaça. É o período conhecido como período do ‘arco do fogo’, e as queimadas estão por toda parte.

Para combater este sinistro Defesa Civil Municipal, Ministério Público, Bombeiros Militar e demais órgãos que controlam o Meio Ambiente na capital estão reunidos para monitorar e identificar as pessoas que estão praticando queimadas urbanas.

“É importante que a gente identifique os verdadeiros donos dos locais, para que a prefeitura e o Ministério Público, possam aplicar as medidas legais administrativamente”, disse o promotor de justiça, Carlos Pescador.

Major Cláudio Falcão, coordenador Municipal de Defesa Civil, ponderou que o maior aliado para combater às queimadas neste momento é a consciência da população. “Se nós mudarmos as nossas atitudes, entendermos que não se deve arriscar a própria saúde, a sociedade é o ator principal nesse momento para melhorar toda a situação”, observou.

O secretário Municipal de Meio Ambiente, Normando Sales tem acompanhado as equipes da Semeia. Segundo ele, existem históricos de reincidência de queimadas irregulares. “Isso não pode continuar acontecendo, tem que haver algo para que, aquele, que detém a propriedade, seja responsabilizado por trazer prejuízos à terceiros, especialmente na área da saúde”, concluiu.