Prefeitura assina adesão ao programa Time Brasil que visa o combate a corrupção na gestão pública

A prefeitura de Rio Branco assinou oficialmente, nesta sexta-feira, 20, o termo de adesão ao Programa Time Brasil criado em 2019 pela Controladoria Geral da União (CGU) para auxiliar estados e municípios no aprimoramento da gestão pública e no fortalecimento de combate a corrupção.

Estiveram presentes à solenidade de adesão, além do prefeito Tião Bocalom, o superintendente da CGU no Estado, Ciro Jonathas, o secretário do Tribunal de Contas da União (TCU) no Acre, Jorge Luiz Fonseca, o chefe da Casa Civil, Valtim José, entre outras autoridades.

De acordo com Ciro Jonathas a iniciativa possui três eixos e está alinhada com o desenvolvimento social. “O que o programa traz é uma oportunidade de a prefeitura fazer um diagnóstico de como ela está e a partir desse diagnóstico elaborar um plano de ação para melhorar. Hoje a prefeitura de Rio Branco resolveu aderir ao programa e achamos interessante esse comprometimento”, explicou o superintendente.

Para o prefeito da capital a adesão ao Programa Time Brasil é fundamental para uma administração pública dar certo.

“Com essa adesão que fizemos hoje, nada mais é do que a nossa prática que eu, pessoalmente como gestor, pratiquei. Eu quero que a nossa equipe também pratique porque o dinheiro público não é meu e nem é do secretário, é do povo. Esse dinheiro precisa ser bem tratado, precisa ser bem gasto com muita transparência, com muita seriedade”, finalizou Bocalom.