Prefeitura de Rio Branco realiza programação em alusão ao Dia Nacional do Estagiário

Na manhã desta quarta-feira, 18, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), em parceria com a Fundação Garibaldi Brasil (FGB), realizou uma programação em comemoração ao Dia Nacional do Estagiário. O evento ocorreu no Teatro Maués Melo, localizado no Centro Cultural Thaumaturgo Filho, no bairro Manoel Julião.

O estagiário Nicolas Smith, falou sobre a importância do estágio para o jovem. “Ser estagiário é contribuir, ganhar experiência, estando dentro do ambiente de trabalho. A prefeitura hoje desenvolve um trabalho com o Programa Bolsa Estágio que beneficia estudantes de escolas públicas e de universidades particulares e públicas aqui no nosso estado”, disse Smith.

A representante do Departamento da Juventude, Helania Melo, falou sobre os trabalhos que a equipe desenvolve para auxiliar os jovens no estágio.

“Eles já entram tendo um acompanhamento nosso para poder se engajar dentro do mercado de trabalho. E a nossa intenção é fazer com que eles se desenvolvam como pessoas e como profissionais”, afirmou Melo.

Segundo o diretor-presidente da FGB, Pedro Aragão, a Prefeitura de Rio Branco tem em torno de 100 estagiários provenientes do Programa Bolsa Estágio, do governo federal.

“Isso é maravilhoso, pois ganha a comunidade, a prefeitura e ganham, muito mais, a instituição acadêmica e os acadêmicos porque, com a prática, eles podem  desenvolver suas capacidades profissionais de uma forma mais eficaz”, afirmou o gestor.

A secretária da SASDH, Marfisa Galvão, falou sobre o Departamento da Juventude que cuida diretamente dos jovens e é responsável pelos estagiários.

“A gente veio aqui hoje trazer um grande abraço e o incentivo para os estagiários porque é o primeiro emprego deles. É aqui onde vai começar toda a carreira. E como a gestão é para cuidar de gente, cuidamos deles com carinho, oferecendo a oportunidade profissional e apresentando um ambiente de trabalho, onde eles possam desenvolver suas habilidades”, assegurou Marfisa.