Urap da Vila Ivonete realiza atividades em alusão a Semana Mundial de Aleitamento Materno

A Unidade de Referência a Atenção Primária (Urap) da Vila Ivonete, promoveu na manhã desta terça-feira, 3, palestras, orientações e entregas de brindes para as mulheres que estavam presentes ao evento em alusão a Semana Mundial de Aleitamento Materno.

Segundo Luane Pereira, estudante, grávida da sua primeira filha, as orientações ministradas sobre a amamentação, foram muito importantes.

“Eu aprendi coisas que eu não sabia sobre amamentação. Como é a minha primeira gestação, fiquei muito nervosa por não saber como amamentar e a palestra foi de muito ajuda”, disse Luane.

O coordenador da Urap da Vila Ivonete, Emerson Bezerra, disse que durante toda a semana haverá atividades em alusão a temática.

“Estamos fazendo o dia ‘D’ da Semana Mundial do Aleitamento Materno. Estamos com palestras, distribuição de kits, de brindes para as crianças, para as gestantes e sempre lembrando que o aleitamento materno é essencial para o crescimento e desenvolvimento da criança”, afirmou o coordenador.

A diretora de Assistência em Saúde da Semsa, Sheila Vieira, falou sobre as atividades que estão sendo realizadas durante todo o mês de agosto nas unidades de saúde da capital.

“A secretaria, através da diretoria de Assistência, divisão de círculo de vida, já vem trabalhando durante todo o ano. No mês de agosto a gente intensifica essas atividades em alusão a Semana Mundial do Aleitamento Materno. Este ano, especificamente, não só estamos trabalhando a importância do aleitamento entre mãe e filho, mas o envolvimento de toda a família dentro da casa”, ressaltou a diretora.

Ainda de acordo com a diretora, as atividades também são para conscientizar e sensibilizar a comunidade para doação de leite.

“Hoje, dentro do município de Rio Branco, tem o banco de leite da Maternidade Bárbara Heliodora e também temos na Urap Hidalgo de Lima. Essas palestras estão ocorrendo durante todo este mês de agosto, em toda a rede municipal, não só nas Urap’s, mas, também nas Unidades de Saúde da Família (USF) e até na zona rural. E a nossa proposta, enquanto município, é tirar as dúvidas das mães sobre a importância da amamentação e também intensificar esse banco de leite”, finalizou Vieira.