Prefeito reúne equipe do Saerb para discutir a reversão do sistema de abastecimento de água em Rio Branco

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, está preocupado com a qualidade e a frequência do abastecimento de água tratada nas casas dos rio-branquenses. Nessa segunda-feira, 2, ele reuniu a equipe técnica do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb), e seus diretores, com o objetivo de alinhar detalhes da reversão dos serviços de água e esgoto na capital.

Os secretários Cid Ferreira (Sefin), Valtim José (Casa Civil) e Neiva Tessinari (Planejamento) participaram da reunião.

De acordo com a diretora-presidente do Saerb, Pollyana L. Souza, Bocalom está empenhado em promover uma reversão tranquila, capaz de melhorar esses serviços em Rio Branco.

“Queremos oferecer um serviço de qualidade à população e trazer inovações. A equipe está muito empenhada, trabalhando dia e noite, com muito afinco e comprometimento”, enfatizou Pollyana.

Sem empecilhos

Faltando menos de sessenta dias para o município receber, efetivamente, o controle do serviço de abastecimento d’água do governo do Estado, o prefeito espera que não haja nenhum empecilho no que foi pactuado com o governo estadual.

“A nossa preocupação é chegar o dia 1º de outubro e a gente poder receber tudo isso da forma como foi combinado ao longo do tempo. A expectativa da população é muito grande no sentido de que, quando os serviços de água e esgoto passarem para a prefeitura, possamos dar conta e nós vamos dar conta! Só que também não tem jeito de dar conta, se os serviços vierem desestruturados”, ressaltou o prefeito.

Segundo ele, a população precisa receber água de boa qualidade e de forma regular. “Nós queremos que o serviço venha de forma como combinamos desde a primeira conversa, para a gente não ter problema com a comunidade, que merece água de qualidade e esse é o nosso compromisso”, finalizou.