Em sinal de respeito prefeito Tião Bocalom participa de assembleia e fala diretamente com servidores municipais da Educação

prefeito Tião Bocalom participa de assembleia dos servidores municipais da Educação (Foto: Dircom)

Demonstrando respeito e boa vontade para com os servidores municipais, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, participou na manhã desta terça-feira, 20, da assembleia dos trabalhadores municipais de Educação (Sinteac) para discutir a proposta da Prefeitura relacionadas à pauta de reivindicações apresentada pela categoria.

Na segunda-feira, 19, Bocalom já havia entregue à presidente do Sinteac, Rosana Nascimento, um documento em resposta aos trabalhadores, que pedem entre outras reivindicações a reposição de perdas salariais dos anos de 2018 a 2021, formação continuada, elevação do percentual de insalubridade, num total de sete itens.

Durante a assembleia falou diretamente aos trabalhadores, aos quais pediu um prazo para que a Procuradoria Geral do Município (PGM) apresente um parecer jurídico às propostas dos servidores. Esse prazo encerrará na próxima terça-feira, 27. A categoria votou favorável à concessão do prazo solicitado pelo gestor.

“Dinheiro, a prefeitura tem. O que precisamos é de um parecer jurídico da PGM, para saber da viabilidade de atendermos as demandas dos servidores”, afirmou Bocalom, acrescentando que sua gestão conseguiu, em seis meses, fazer uma economia considerável de recursos. “Sem roubar, a gente consegue economizar”, enfatizou.

A presidente do Sinteac elogiou o tratamento que a atual gestão municipal vem dispensando à categoria. “Queremos reconhecer a sensibilidade com que o prefeito Tião Bocalom vem tratando as demandas e as reivindicações dos trabalhadores da Educação”, disse Rosana Nascimento. No final da assembleia, Bocalom convidou os trabalhadores para um café-da-manhã no auditório da sede da Prefeitura.