Baixa procura por matrículas na rede municipal de ensino preocupa Secretaria Municipal de Educação

A baixa procura por matrículas na rede municipal de ensino de Rio Branco está preocupando a gestão do prefeito Tião Bocalom neste ano de 2021. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Seme), havia 24.514 alunos matriculados nas escolas do Município em 2020, no início da pandemia do coronavírus.

A Seme informou esta semana que o número de crianças matriculadas em 2021, até o dia 5 deste mês, era de 9.678. A preocupação do prefeito é de que, a continuar essa situação, Rio Branco venha a registrar um alto índice de evasão escolar, já que o retorno às aulas presenciais está marcado para o mês de outubro.

Diante disso, Bocalom orientou a secretária municipal de Educação, Nabiha Bestene, no sentido de constituir uma força-tarefa nas escolas como forma de orientar os pais de alunos quanto à necessidade de matricular seus filhos. A intenção da prefeitura é atingir, pelo menos, o mesmo número de crianças matriculadas em 2020, quando iniciou a pandemia.

“A gente entende que a pandemia atrapalhou muito. No ano passado as matrículas foram feitas antes da pandemia, mas ela continuou em 2021, e muitas pessoas deixaram de matricular seus filhos. Isso não é bom. Precisamos fazer uma busca ativa para orientar as famílias que não deixem suas crianças fora das salas de aula”, enfatizou o prefeito, aproveitando para conclamar os pais de alunos a procurar a rede municipal de ensino para matricular seus filhos em idade escolar.