Primeira Caravana dos Prefeitos ao Alto Acre é considerada um sucesso

O presidente da Associação dos Municípios do Acre (Amac) e prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, classificou como importantíssima a Assembleia Extraordinária realizada na sexta-feira, 2, no Centro Cultural do município de Brasileia, região do Alto Acre, com a participação de 19 prefeitos, 6 deputados federais e 2 senadores, além de representantes de órgãos como DNIT, FUNASA e Deracre.

“Foi uma reunião importantíssima. A gente pode discutir diversos temas com os prefeitos que compareceram. Essa caravana veio para prestigiar os 110 anos de criação do Município. Tenho certeza absoluta de que todos os prefeitos que estiveram nesta caravana ficaram encantados com a receptividade e a forma como fomos tratados em Brasileia”, afirmou Bocalom.

Segundo ele, tudo foi feito nos mínimos detalhes para receber os prefeitos. “Agradeço à prefeita Fernanda Hassem, aos vereadores, equipe da Amac, que se dedica todo dia ao apoio aos prefeitos. Sucesso total. Saímos daqui com a certeza do dever cumprido, com muitas ações encaminhadas para atender aos nossos munícipes”, afirmou.

Bocalom disse ter ficado satisfeito com os resultados da assembleia. “Do DNIT ficou provado que, graças a Deus, existem recursos para manter a trafegabilidade da BR-364, de Rio Branco até Cruzeiro do Sul, no próximo inverno, mas precisamos buscar recursos para fazer, não só a recuperação parcial, como será feita, mas para a reconstrução da BR-364, cuja construção foi muito malfeita”, ressaltou.

De acordo com o presidente da Amac: “A Funasa apresentou os programas que tem para ajudar as prefeituras, o Deracre tratou da distribuição do maquinário adquirido recentemente pelo Governo do Estado. Enfim, muitas coisas foram tratadas durante o encontro”, enfatizou.

O coordenador da Amac, Marcos Lucena, também fez uma breve avaliação da Assembleia. “A avaliação é muito boa. Conseguimos o principal passo nosso, que era integrar os prefeitos em prol de uma ação direta, que é vir da nossa sede até ao Alto Acre, fazer essa assembleia. Isso é uma pauta da atual gestão, encabeçada pelo presidente Tião Bocalom, prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem e do prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim, da atual diretoria”, destacou.

“Também conseguimos trazer órgãos importantes como DNIT, Funasa e o Deracre. Tudo ocorreu dentro do esperado. Esta assembleia ficará na história da Amac”, afirmou Lucena.

Fernanda Hassem também falou da Importância do encontro de prefeitos.

“De 22 prefeitos, 19 estavam aqui, a bancada federal estava aqui, representantes do Governo do Estado estavam aqui. Brasileia, desde ontem, se tornou a capital política do Estado do Acre. Isso é um respeito para com esse município tão querido, a seu povo tão aguerrido”, disse a prefeita, ao agradecer a participação dos presentes à assembleia.