Prefeito de Rio Branco prorroga por mais 30 dias o alvará de funcionamento dos comércios da capital

Na tarde desta terça-feira, 29, o prefeito Tião Bocalom, participou de uma reunião por videoconferência com os representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel). Na ocasião, estava presente o presidente executivo da Abrasel, Paulo Solmucci Junior.

De acordo com o presidente executivo, a Abrasel nacional entrou com uma ação contra os estados e municípios em função do lockdown que todos os seguimentos de bares e restaurantes sofreram com a pandemia.

“A nossa reunião hoje, a primeira junto ao prefeito, foi para tratarmos dessa ação. E já tivemos aqui algum avanço também. O prefeito prorrogou por mais 30 dias os alvarás de todos os seguimentos do município de Rio Branco e na metade do mês, nós voltaremos a conversar para mais uma prorrogação, na questão do alvará para o seguimento de bares e restaurantes”, disse o presidente da Abrasel.

Segundo o prefeito Tião Bocalom, a pandemia prejudicou muito os serviços de bares, restaurantes, eventos e afins. “Queira ou não, nós aqui do poder público precisamos entender que eles não tiveram receita, como é que a gente vai continuar cobrando o alvará de licença desse pessoal, que a maior parte do tempo ficou fechado? Então a gente tem que ter sensibilidade”, comentou o prefeito.

Bocalom disse ainda que é pertinente que se faça uma prorrogação por mais 30 dias do alvará de licença de todos, não só dos serviços de bares e restaurantes e eventos, mas de todo mundo. “Nós vamos fazer mais essa prorrogação, a partir do dia 1º de julho. E após vencido esse prazo, poderemos selecionar, por exemplo, os bares e restaurantes para dar mais um prazo”, finaliza o prefeito.