Centro de Referência do Servidor Municipal voltará a funcionar este semestre com capacitações

Secretário Cid visita as instalações do Centro do Servidor que voltará com as capacitações este semestre (Foto: Dircom)

O secretário municipal de Gestão Administrativa e Tecnologia da Informação (Segati) e de Finanças, Cid Ferreira, visitou na manhã desta quinta-feira, 6, o Centro de Referência do Servidor Municipal (CRSM), onde foi recebido pelo coordenador, Ruthemarque Crispim.

O CRSM tem como missão amparar e acompanhar o servidor municipal de forma integral, com capacitação, humanização, saúde, qualidade de vida e segurança no trabalho, assegurando a eficiência, a organização e a gestão por competência dos serviços públicos prestados.

Segundo Crispim, a coordenadoria do Centro de Referência do Servidor tem três núcleos: Núcleo de Formação Continuada, Núcleo de Qualidade de Vida e Segurança no Trabalho e Núcleo de Perícia Médica. O CRSM pauta suas ações de conscientização do servidor nos valores da Ética, Proatividade, Empatia e Cuidado.

“O Centro de Referência é o local estratégico dentro do planejamento estratégico da Prefeitura e tem como foco o bom servir, a disciplina, a organização, a capacitação. Para este ano temos muitas demandas. O secretário sabe que a gente está aqui em comunhão. Sua visita é de grande alegria para nós. Ele está sempre acompanhando e incentivando os nossos trabalhos”, enfatizou o coordenador.

De acordo com Cid Ferreira, a visita tem a ver com o projeto da gestão municipal de politica de capacitação e conhecimento. “O coordenador me convidou para apresentar o planejamento que está em desenvolvimento, as parcerias. Podemos avaliar que, ainda para este ano, teremos algumas capacitações, iniciando pela Comunicação, inclusive. Temos também junto à Secretaria de Finanças (Sefin) uma capacitação relacionada à questão tributária”, revelou.

Cid Ferreira informou que a gestão do prefeito Tião Bocalom está promovendo investimentos destinados à capacitação dos servidores municipais. “Estamos propondo, no projeto da LDO deste ano, recursos para as ações do Centro”.