Disciplina, palavra que define a atual gestão do Prefeito de Rio Branco

Na presença do senador Petecão, o prefeito disse que disciplina é essa mensagem que precisa ser seguida (Foto: Dircom)

Com a presença do senador Sérgio Petecão,  da vice-prefeita Marfisa Galvão, secretários, diretores municipais e imprensa, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, apresentou na manhã desta terça-feira, 4, o quadro oficial de sua gestão. O slogan Produção, Emprego e Dignidade remonta e reforça o orgulho de pertencimento à comunidade rio-branquense. A apresentação ocorreu na sala de reuniões do edifício-sede da Prefeitura.

O quadro que vai ficar em todas as secretarias substitui a foto tradicional que mostra o gestor com a faixa que recebe no dia de sua posse. Em sua fala o prefeito disse que sua equipe está entusiasmada com esse novo momento e revelou que o quadro sinaliza para um movimento de integração social e demonstra que o gestor não tem apreço pela vaidade pessoal.

“Não quero uma foto minha em todos os locais, não preciso ser adorado. Quero que todos lembrem que somos servidores do município, servimos o povo e para que ninguém esqueça, resolvi fazer algo diferente”, explicou o Bocalom.

Na imagem está, em destaque, a palavra-chave: Disciplina. “Disciplina para não roubar, nem deixar roubar. Disciplina para gastar bem o dinheiro público, disciplina para atender bem ao público e disciplina para trabalhar com resultados. E é essa mensagem que temos que seguir”, salientou o prefeito.

Na oportunidade, o senador acreano Petecão destacou que a gestão de Bocalom tem chance zero de não dar certo. ”É um homem vocacionado ao trabalho, que tem na disciplina a forma de condução dos rumos do município”, enfatizou Petecão.

Tião Bocalom fez questão de agradecer ao senador pelo seu comprometimento no sentido de alocar recursos para o desenvolvimento do Acre, em especial ao município de Rio Branco. “O senador Petecão tem sido um grande parceiro da Prefeitura de Rio Branco. Tenho certeza de que nos próximos quatro anos faremos grandes parcerias. E quem ganha com isso é o povo”, concluiu.