Prefeito Tião Bocalom recebe senador Márcio Bittar na sede da prefeitura

Prefeito agradece o comprometimento do senador pelo zelo com o Acre e, especialmente, a população rio-branquense (Foto: Dircom)

O prefeito Tião Bocalom recebeu no fim da tarde desta quinta-feira, 29, a visita do senador da república Márcio Bittar, relator do Orçamento da União.
Estiveram presentes, a vice-prefeita, Marfisa Galvão, secretários municipais e o prefeito de Acrelândia, Olavinho Boiadeiro, que estava na capital acreana.

Durante o encontro, Bittar destacou o empenho de sua equipe para assegurar os recursos alocados para o Estado, com destaque para Rio Branco. O senador ponderou sobre as discussões, em Brasília, acerca da peça orçamentária.

Márcio Bittar é defensor da ligação com o pacífico, via terrestre, a partir de Cruzeiro do Sul, lamentou o atraso da região, por um modelo anterior que, segundo ele, empurrou o Acre para o fim da fila do desenvolvimento no Norte.

“Se não destravarmos a economia o que será o futuro dos nossos jovens? A saída para o Pacífico pelo Juruá pega uma cordilheira baixa. Veja, essa turma que se diz preocupada com o meio ambiente e que sequer deu conta de plantar árvore na cidade, não cuidaram de esgoto e saneamento básico que é um grave problema ambiental, são contrárias ao progresso. Essa política perpetua a miséria na Amazônia. Os inimigos meu e do Bocalom são a miséria e o desemprego”, colocou Bittar.

O parlamentar convidou a sociedade para a inauguração da ponte sobre o Rio Madeira que liga o Acre, via terrestre, ao restante do Brasil, que ocorrerá no dia 7 de maio. Pontuou os recursos destinado ao Estado, com destaque para Rio Branco.

“Numa época de crise do Brasil, nós conseguimos um valor deste tamanho, temos obra importantíssimas como a revitalização do igarapé São Francisco, que envolve a construção de apartamentos para as pessoas que moram em áreas alagadiças, recursos para aquisição de uma usina de reciclagem de lixo, e aporte financeiro para a agricultura. Nossa luta é para não perder um real dos quase R$ 600 milhões que destinamos para Acre”, explicou.

Entre os recursos canalizados por Bittar constam R$ 200 milhões para recuperar o Igarapé São Francisco, cuja obra, vital para o desenvolvimento da cidade será realizada em parceria com o Estado. “Vai ser feito todo um projeto de recuperação ambiental para trazer novo espaço público na área de entretenimento, de lazer, cultura e como preservar os nossos mananciais e os nossos cursos d’água, não só do Igarapé São Francisco, mas de todos os seus afluentes dos 18 bairros que vão ser beneficiados com essa obra”, destacou Normando Sales, secretário de Meio Ambiente.

Outra obra importante a ser realizada pela Prefeitura, com o apoio de Márcio Bittar, é a construção de moradias populares do Programa de Habitação Regionalizada, que vai destinar residências às famílias carentes que moram em áreas alagadiças.

“O pessoal que atingido anualmente pelas cheias, nós vamos retirá-los das áreas alagadiças e colocá-los, com segurança, em numa região próxima de onde vivem para evitar problemas sociais, como ocorreu em programas de habitação no passado”, colocou o secretário de infraestrutura, Valmir Alexandre Médici.

Tião Bocalom disse que a proposta do senador Márcio Bittar converge para sua maneira de enxergar as boas políticas. Ele fez questão de agradecer o empenho e o comprometimento do senador pela defesa sistemática do desenvolvimento do Brasil, e do zelo pelo qual trata o Acre e, especialmente da população rio-branquense.

“O senador Márcio Bittar, eu e mais alguns abnegados, sempre defendemos um modelo totalmente diferente do que se passou durante os últimos 20 anos no Acre. Agora estou na Prefeitura e o Gladson no governo do Estado, fazendo de tudo para buscar recursos para trabalhar. Para a nossa sorte o Márcio Bittar conseguiu se organizar em Brasília e se transformar em relator do Orçamento Geral da União, com muita habilidade conseguiu dinheiro para o Acre, coisa que os estados vizinhos sempre se habilitaram e souberam aproveitar. Essa é a nossa oportunidade de crescimento, estamos trabalhando para isso”, disse o prefeito.