Prefeito Tião Bocalom recebe representantes de bares, restaurantes e distribuidoras de bebidas, em seu gabinete

Proprietários pediram flexibilização no horário de funcionamento desses estabelecimentos (Foto: Dircom)

 

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, recebeu nessa quinta-feira, 22, em seu gabinete, uma equipe de proprietários de bares, restaurantes e distribuidoras de bebidas que vieram pedir a flexibilização no horário noturno de funcionamento desses estabelecimentos. Eles querem que os espaços desse segmento sejam autorizados a funcionar até a meia-noite.

De acordo com o empresário Leôncio Castro, proprietário de um bar e restaurante na capital, muitos colegas estão passando fome e passando por necessidades. “O segmento de bares continua sendo o mais afetado, nesta pandemia”, informou o empresário.

Segundo Leôncio, são centenas de pessoas desempregadas, pessoas perdendo seus pontos porque não tem condições de pagar aluguel, pagar energia porque o horário estabelecido no novo decreto é que o nosso segmento fique aberto até às 20h. “Bar é um segmento noturno. Os bares estão sendo arrombados, assaltados. Está todo mundo na falência literalmente. O pessoal está passando fome”, explicou Leôncio Castro.

O prefeito Tião Bocalom se comprometeu em conversar com o governador do Acre, Gladson Cameli, para tentar flexibilizar o horário e atender os empresários. “Vamos levar essa reinvindicação ao governador para que ele reveja esse horário”, informou Bocalom.