Prefeitura de Rio Branco permite realização de cultos e missas nas igrejas da capital

Considerando a definição, nessa quinta-feira, 8, do Supremo Tribunal Federal (STF), que decidiu, por maioria, que cabe aos prefeitos e governadores estabelecerem se mantém ou não os templos abertos para atividades religiosas, o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, assinou decreto nesta sexta-feira, 9, garantindo a abertura destes aos finais de semana, feriados e pontos facultativos.

As igrejas podem promover atividades religiosas das 7h da manhã ás 18h desde que sejam respeitados os protocolos definidos pelo Ministério da Saúde e de acordo com as medidas de Toque de Restrição estabelecidas pelo Comitê Estadual de Acompanhamento Especial da Covid-19. O cumprimento do decreto entra em vigor a partir da data da assinatura. A decisão será publicada no Diário Oficial da próxima segunda-feira, 12.

Confira o Decreto nº 792