Secretaria Municipal de Infraestrutura apresenta ao prefeito primeiro esboço de projeto de casas populares

Prefeito avalia projeto de casas populares (Foto: Dircom)

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, esteve reunido, nesta quinta-feira, 8, com o secretário de Infraestrutura e Mobilidade Urbana do município, Valmir Médici, para dar andamento ao projeto de construção de casas populares que beneficiarão famílias atingidas pela cheia do rio Acre e pela enxurrada dos igarapés, na capital.

A prefeitura já definiu uma das áreas para a construção de prédios com apartamentos de dois e três quartos. Outras três áreas estão sendo negociadas com o governo federal. “Eu acredito que teremos de três a quatro áreas definidas aqui dentro da cidade, onde construiremos esse tipo de habitação social e regional”, explicou Bocalom.

A meta é construir mil habitações durante os quatro anos de gestão. O prefeito disse ainda que o objetivo desse programa é procurar manter as famílias na região onde elas já moram. “Nós precisamos resolver o problema de moradia dessas famílias para que elas deixem essas áreas para morarem de forma digna e decente”, concluiu o prefeito.