RBTrans anuncia fim de contrato com a operadora da Zona Azul e abertura de nova licitação

Superintendente da RBTrans anuncia suspensão da Zona Azul (Foto: Dircom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (RBTrans), anunciou que a partir desta segunda-feira, 5, o sistema de cobrança do estacionamento rotativo Zona Azul está suspenso.

O contrato com a empresa que operava o serviço na capital acreana terminou e não será prorrogado. Anízio Cláudio de Oliveira Alcântara, superintendente da RBTrans, disse em coletiva de imprensa que um novo processo de licitação será lançado nas próximas semanas.

Anízio explicou que o contrato era de sete anos podendo ser prorrogado por igual período, mas ao alegar que precisava elevar preços, o prefeito Tião Bocalom optou por não renovar. O gestor levou em consideração também que os serviços ofertados à população é considerado de baixa qualidade, pelos usuários.

“A nova concessão para os serviços de estacionamento rotativo em Rio Branco vai ao encontro das demandas e inovações necessárias para a Zona Azul. O serviço não acabou. Vamos abrir um novo processo de licitação para novas empresas, visando contemplar melhorias e novas facilidades ao serviço. Nosso pessoal vai atuar forte num trabalho de conscientização buscando um remodelamento no sistema de estacionamento rotativo”, disse Anízio.

Mesmo após o término do atual contrato, a Serttel, que era a concessionária do serviço, vai manter um atendimento eletrônico, via aplicativo, aos cerca de 5 mil clientes com saldo na empresa para a respectiva devolução do crédito. Os parquímetros estão sendo desativados pela operadora.

Segundo Ângelo Máximo, dirigente da Serttel, quem possui créditos no cartão recarregável deve se dirigir ao escritório da empresa localizada à Rua Rio Grande do Sul, nº141, sala 2, a partir do dia 12 de abril para que seja realizada a leitura dos cartões e a respectiva devolução do valor remanescente.