Centro Mundo Azul abre Semana do Autismo com rodada de conversa e blitz educativa

Roda de conversa com os pais no CAA (Foto cedida)

Nessa quarta-feira, 31, o Centro de Atendimento ao Autista (CAA) Mundo Azul, ligado a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), iniciou a programação em alusão ao Dia de Conscientização ao Autismo, celebrado dia 2 de abril.

Pela manhã foi realizada uma roda de conversa com os pais que não estão em atendimento no Centro. Os técnicos utilizaram o tema: “Recebi o Diagnóstico, E Agora?” com abordagens psicológica e nutricional..

Para as crianças que participaram da roda com os pais, foi providenciado um espaço de acolhimento. No final da conversa, alguns relataram que gostaram e que querem novamente essa oportunidade. Foram realizados alguns sorteios com lembrança do CAA.

“Para nós aqui do CAA foi muito gratificante esse momento com os pais, porque foi um momento de troca, aprendizado, interação. Criar vínculos faz toda diferença para nós profissionais e para a vida dos pais”, disse a coordenadora Edila Sousa.

No período da tarde, uma blitz educativa foi feita na parte central de Rio Branco. “Isso é para que as pessoas se conscientizem que o autista é autista o tempo todo e o ano todo, não somente esse mês. Essa ação é para conscientizar e dar visibilidade ao autismo e suas características para a população que não conhece sobre ele”, ponderou a coordenadora.

Para Lucélia Trivelato, mãe de autista, esse evento é de grande importância para a sociedade entender melhor o que é ser autista. “O autismo não é uma doença. Ser autista, é ser um ser diferente. E pra gente entender esse ser diferente, a gente tem que compreender bem o que é isso. O papel da sociedade é ajudar para tentar incluir sem preconceito. Esse movimento é apenas um ato, mas o autismo faz parte da nossa vida todos os dias e a gente tem que aprender a trabalhar melhor essa questão,” afirmou Trivelato.