No Dia Internacional contra a Discriminação Racial live mostra debate sobre o assunto

Jota Conceição, Priscilia e Sandra conversam sobre discriminação racial (Foto: Dircom)

Na tarde dessa segunda-feira, 22, a Prefeitura de Rio Branco por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), sob a responsabilidade da Diretoria de Direitos Humanos e Departamento de Promoção da Igualdade Racial – (DPIR), realizou uma live em alusão ao Dia Internacional contra a Discriminação Racial, que ocorre em 21 de março.

A live contou com a participação do palestrante, educador e consultor em Direitos Humanos, Jota Conceição, da assistente social Priscilia Eliane Cardoso Duarte e a pedagoga Sandra Pacamia Beyuma.

Durante a conversa, Priscilia relatou uma das situações que já sofreu pelo poder da discriminação racial. De um lado os impasses sofridos pela pele negra de outro, os impasses sofridos pela nacionalidade. “Quando eu era pequena, só poderia sair na companhia de meus irmãos, senão eu era apedrejada”, relata Pricilia.

A gerente do Departamento de Promoção da Igualdade Racial, Janeima Azevedo, finalizou a live se colocando à disposição para promover ações ao combate a qualquer tipo de discriminação, dignidade de todos os povos que são assistidos pelo departamento.

Sobre o Dia Internacional Contra a Discriminação Racial

A data alusiva ao Dia Internacional Contra a Discriminação Racial foi marcada por uma tentativa de luta pelos manifestantes negros de Saperville, joanesburgo, no ano de 1960, em um protesto contra a imposição da “Lei do Passe”, que limitava o fluxo dos negros pelas ruas. No dia 21 de março de 1960 foram caladas 69 vozes, tirando assim, o direito de lutar por seus ideais cidadãos.