Empreendedores do Programa Economia Solidária ganham cestas básicas da prefeitura de Rio Branco

Empreendedores do Programa Economia Solidária recebem ajuda da prefeitura de Rio Branco (Foto: Dircom)

As famílias de empreendedores do Programa Economia Solidária que trabalham na Praça da Bandeira, receberam nesta quarta-feira, 3, cestas básicas da prefeitura de Rio Branco.

Até agora 150 delas foram contempladas com produtos alimentícios para suprir as necessidades básicas dessas famílias que ficaram paradas, sem trabalhar, em decorrência dos decretos governamentais. “Nós estamos em uma pandemia aonde todos os nossos empreendimentos tiveram que parar de trabalhar para atender os decretos, o que é justo, e ficamos sem renda” informou o coordenador do Fórum Acreano de Economia Solidária, Carlos Taborga.

Ele disse ainda que esse pedido foi feito ao prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom e ao secretário de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Econômico (Safra), Eracides Caetano. “Nós pedimos essa ajuda e imediatamente eles atenderam e certamente essa ajuda chegou em boa hora porque vai suprir a necessidade alimentar desse povo que está sem renda até agora. Nós só temos a agradecer a prefeitura de Rio Branco”, concluiu o coordenador.

Neide Alves foi uma das empreendedoras beneficiadas. Por causa da pandemia da Covid 19 ficou sem trabalhar e sem renda para manter a família. “Estou muito feliz e grata a prefeitura pela doação”.

O secretário da Safra, Eracides Caetano, disse que essas famílias estão passando dificuldades. “Essa é a hora de olhar para trás e ajudar às pessoas que necessitam”, informou o secretário.

Além das famílias do Programa Economia Solidária a Safra também vem realizando o cadastro das famílias ribeirinhas que foram atingidas pela enchente do rio Acre. O cadastro é realizado também na Praça da Bandeira. Essa semana a secretaria dará continuidade a entrega de cestas básicas a essas famílias.