Crianças abrigadas no parque de exposições têm programação de lazer e cultura

Crianças se divertem com atrações musicais (Foto: Dircom)

O Centro de Multimeios da Secretaria Municipal de Educação (Seme), vem atuando no Parque de Exposições com uma programação de entretenimento e lazer para proporcionar um pouco de distração às famílias atingidas pelas enchentes do Rio Acre e igarapés de Rio Branco.

A equipe da Ciranda de Leitura, composta pelos servidores Rogério Barcellos, Eliane Nascimento, Tanaka e Marilia Bomfim, em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) realiza atividades musicais, brinquedos cantados, contação de histórias, desenho livre e pintura de máscaras com as crianças do abrigo.

Renã Pontes, diretor de Multimeios, conta que as atividades são planejadas carinhosamente para proporcionar bons momentos de descontração para as crianças. “Esse contato com a arte proporciona alegria, mesmo frente à situação de dificuldade em que as famílias se encontram, afastadas de seus lares, com perda de bens importantes e pertences pessoais”, explica.

“Me divirto muito com as historinhas cantadas”, disse a pequena C.L, de 11 anos. “E eu gosto muito de desenhar e cantar”, falou a garotinha B. C. , de 9 anos. Obedecendo os protocolos de prevenção a covid-19, todos usam máscaras, fazem higienização das mãos e respeitam o distanciamento recomendado.

A equipe de Multimeios também está promovendo atividades nas Escolas Áurea Pires, Jorge Kalume, Anice Dib Jatene e Álvaro Rocha, unidades escolares da rede que funcionam como abrigos.

Além das atividades mencionadas, o Centro de Multimeios também realiza shows musicais, teatro e cinema, como suporte às atividades escolares nos primeiros ciclos do ensino escolar, com foco na arte, no lúdico e na desinibição das crianças, tendo como referência a norma culta do idioma de expressão da língua portuguesa.

O calendário de atividades será mantido como parte de um pacote de ações da Prefeitura de Rio Branco para proteção, acolhimento e suporte às famílias afetadas pela enchente do Rio Acre e igarapes, e será mantido enquanto perdurar a situação de emergência assinalada pela Defesa Civil.