Emurb atende solicitação de morador para resolver problema antigo no Loteamento Sol Nascente

Moradores das ruas Ipanema e José Henrique, localizadas no Loteamento Sol Nascente, no Segundo Distrito de Rio Branco, procuraram a Prefeitura no intuito de resolver um antigo problema que afeta a comunidade: o acúmulo de água da chuva nas ruas, por causa da falta de drenagem pluvial.

Na tarde desta terça-feira (23), os moradores receberam a visita do presidente e de uma engenheira civil da Empresa Municipal de Urbanização (Emurb), José Assis Benvindo, que foram ao local para tomar conhecimento da situação e propor uma solução para o problema.

O presidente da associação de moradores do local, Pedro Honorato Neto, e o historiador Jhonata Barbosa, morador da área, acompanharam a equipe durante a visita. “Fomos procurados pelo Jhonatan e pelo presidente do bairro, que buscam solução para o problema da falta de drenagem em alguns pontos dessas duas vias. Vamos fazer uma intervenção paliativa para o problema neste momento, uma vez que uma solução definitiva envolve um estudo mais complexo e maior volume de recursos”, explicou Assis.

Segundo ele, de imediato, a Emurb fará o escoamento das águas que ficam empoçadas em frente a algumas residências, instalando manilhas para melhorar a drenagem das águas nos dias de chuva. “Vamos ver como isso funcionará e, dependendo da situação, vamos fazer a pavimentação asfáltica de parte da rua, que está apenas com sua base e sub-base prontas”, afirmou o diretor-presidente.

Para Jhonatam, a visita da equipe da Emurb mostra o comprometimento da gestão do prefeito Tião Bocalom. “Estou muito feliz com essa visita e com a solução que foi proposta pelo diretor-presidente da Empresa. Esse problema é um problema que nos aflige muito, pois quando chove não temos como sair de nossas casas”, afirmou o historiador.

Para Pedro Honorato Neto, resolver o problema das duas vias do Loteamento Sol Nascente é uma luta grande. “Reconhecemos que envolve um volume considerável de recursos, um estudo complexo para o caso, porém temos certeza de que a gestão do prefeito Bocalom vai nos dar uma resposta”, concluiu.