Tião Bocalom recebe membros do Ministério Público para alinhar parcerias

O prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom, recebeu na tarde de sexta-feira, 12, em seu gabinete, a visita de cortesia da procuradora-geral do Ministério Público do estado do Acre (MPAC), Kátia Rejane de Araújo Rodrigues.

Presentes ao encontro, o procurador-geral adjunto para Assuntos Jurídicos Sammy Barbosa Lopes, Myrna Mendoza, promotora de justiça de defesa do patrimônio público e o secretário de saúde do município, Frank Lima.

“Se trata de uma retribuição a visita de cortesia do prefeito Tião Bocalom ao MPAC, e serviu para tratar de assuntos ligados aos desastres naturais como alagação, além da pandemia do coronavírus, vacina contra a Covid e da epidemia de dengue. Temos um grupo de promotores ombreados com a Prefeitura para tratar esses assuntos. Estamos nos colocando à disposição”, observou a procuradora-geral, Kátia Rejane.

“Viemos para uma visita cordial e trouxemos algumas demandas. É um momento de crise e precisamos garantir que os profissionais de saúde sejam imunizados para não permitir o colapso como ocorreu em outros estados. Precisamos de vacina, mas não vamos permitir que espertalhões furem a fila e a Prefeitura está atenta a isso”, colocou Sammy Barbosa.

Frank Lima, secretário de saúde, enalteceu a visita do MP dizendo que a administração precisa correr para dar resolutividade dos problemas da pessoais. “Estamos alinhando esse fluxo para fazer as coisas acontecerem de forma transparente”, disse.

O chefe do executivo municipal realçou a visita e agradeceu a parceria. “Sem dúvidas o que a gente precisa e que nós preconizamos desde o primeiro dia de nossa gestão é a total transparência de nossos atos. O secretário Frank Lima explicou o cronograma. Das 9.519 doses de vacinas que recebemos, mais de sete mil já foram aplicadas, conforme os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde. É melhor a gente educar do que a gente punir. Estamos trabalhando nessa linha”, ponderou o prefeito.