Prefeitura cadastra famílias atingidas pela enxurrada do São Francisco

A Prefeitura de Rio Branco, por meio dos agentes da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), percorre as áreas atingidas pela enxurrada do Igarapé São Francisco e seus afluentes. A intenção é fazer o cadastro das pessoas que foram mais afetadas pela alagação para dar a direção correta às medidas de apoio às vítimas.

O trabalho é articulado pela vice-prefeita, Marfisa Galvão, que também é secretária da SASDH. Na manhã desta sexta-feira, 12, as tarefas se concentraram no bairro Conquista, um dos mais castigados pela inundação. A ação, recebeu aprovação da comunidade.

Itamar Silva de Farias, 27, é pedreiro e está desempregado. Ele disse que “tem confiança na gestão do prefeito Tião Bocalom e acredita que o projeto de revitalização do São Francisco vai dar ao local a tranquilidade necessária à população do bairro Conquista e de outras localidades”.

O psicólogo Jaireson Santos é voluntário da SASDH e aderiu ao projeto de voluntariado pela plataforma de cadastro de voluntários no site da prefeitura. Para ele “a prefeitura está no caminho certo para ofertar assistência em cima de um diagnóstico prévio”.

O carpinteiro José de Jesus Pereira, também aprovou o trabalho da Prefeitura e disse que o prefeito Tião Bocalom está no caminho certo referindo-se a ideia de revitalização do São Francisco. “Comprei um barco para ajudar as pessoas. Estou fazendo outro, porque, tenho afeição por andar de barco”, disse.