Prefeitura visita Conselhos Tutelares para atender demandas dos conselheiros

A vice-prefeita e secretária municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH), Marfisa Galvão, e o secretário municipal de Planejamento e Casa Civil, Artur Neto, visitaram, durante três dias, as sedes dos Conselhos Tutelares de Rio Branco para conhecer de perto as limitações e dificuldades que os conselheiros têm.

Essas visitas são resultado de uma reunião que os profissionais tiveram com o prefeito Tião Bocalom onde fizeram reivindicações e falaram sobre os problemas enfrentados para a execução de seus trabalhos, que muitas vezes, são emergenciais. Na ocasião, o prefeito se mostrou muito preocupado com a situação. Tanto que, na semana seguinte, fez a concessão de três carros para os Conselhos, uma das prioridades apontadas pelos conselheiros. (veja matéria aqui)

Além disso, ficou decidido que a sede de cada conselho seria visitada. Celso Inácio, representante do primeiro Conselho Tutelar se disse agradecido com as visitas. “Nós agradecemos ao nosso prefeito Tião Bocalom pela oportunidade e atenção que está aos três Conselhos Tutelares. Está dando importância para as crianças e adolescentes da nossa querida Rio Branco e com isso a população só tem a ganhar pois está nos para fazer um trabalho melhor”, enfatizou o conselheiro.

Marfisa Galvão em visita a um dos Conselhos Tutelares de Rio Branco (Foto: Dircom)

Para a conselheira tutelar Débora Matos, do segundo Conselho, a visita dos gestores dá um sentimento de valorização. “Em poucos dias da gestão já fomos recebidos pelo prefeito e recebemos a concessão de três carros. Agora a visita do secretário Artur e da secretária e vice-prefeita Marfisa para verificar pessoalmente as necessidades de cada conselho. Isso é valorizar”, disse Débora.

Ana Paula Costa, do terceiro Conselho Tutelar , se disse feliz com a disposição da prefeitura em ajudar. “Estamos felizes em receber a nova gestão da prefeitura e ainda mais por perceber que teremos essa parceria para a melhoria da qualidade do nosso trabalho na garantia de direitos da criança e do adolescente”, declarou.

A prefeitura se mostrou disposta a nos ajudar na resolução de algumas dificuldades básicas, na estrutura, segurança e até mesmo com a internet que é algo tão importante para evolução do nosso trabalho.

Artur em conversa com conselheiros tutelares (Foto: Dircom)

De acordo com o secretário Artur desde que o prefeito Bocalom e a vice-prefeita Marfisa assumiram a prefeitura os conselheiros tutelares foram recebidos com muito carinho par serem ouvidos. “Nós pudemos verificar que eles estão precisando de socorro urgente! Aliás, a lei diz que o atendimento à criança e adolescente é prioridade máxima. O próximo é perceber que a prefeitura e outros parceiros entrem com urgência para que os serviços possam funcionar de fato e de verdade”, explicou Artur.

Segundo a vice-prefeita, Marfisa Galvão, neste momento, a prioridade é cuidar de pessoas. “Vamos levar todas as necessidades ao prefeito Tião Bocalom para que seja possível dar toda a assistência que eles realmente precisam par fazer valer o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)”, disse Marfisa.