Tião Bocalom e Gladson Cameli assinam convênio para policiamento ostensivo em Rio Branco

O prefeito Tião Bocalom esteve, na manhã desta quinta-feira, 21, no Palácio do Governo para assinar com o governador Gladson Cameli um convênio para repassar valores aos policias militares do Acre que fazem hora extra no policiamento de espaços públicos municipais.

Segundo o chefe do Gabinete Militar de Rio Branco, coronel Ezequiel Bino, o investimento da prefeitura este ano será de mais de R$ 1 milhão. “Esse recurso já está sendo utilizado desde o dia primeiro de janeiro para pagar a segurança policial dos mercados públicos, terminais urbanos, Shopping Aquiry, onde há maior circulação de pessoas”, declarou o coronel.

De acordo com o governador, esse convênio é uma forma de solucionar um problema em conjunto. “A gente está de mão dadas com a prefeitura. Quero, inclusive, parabenizar o prefeito pela ideia de chamar os policias da reserva para vir para a ativa. A prefeitura quer dividir os problemas e obrigações e eu quero poder compartilhar ainda mais para que possamos vencer os problemas e desafios com essa parceria, esse diálogo”, disse Cameli.

Para o prefeito Tião Bocalom esse convênio é a primeira de muitas parcerias com o governo. “Essa conversa vem sendo feita pela minha equipe não é de hoje. Assim podemos complementar a renda dos policiais militares com as horas extras. Esse convênio é importante pois a prefeitura está fazendo a parte dela”, disse Bocalom.